Previews Xbox 360

Call of Duty 4 aposta na guerra moderna

Publicado em 13/07/2007 |
Fabricante:
Infinity Ward

Lançamento: 2007

Distribuidora:
Activision

Suporte:
Cartão de memória

Imagens

Call of Duty 4

Call of Duty 4

Call of Duty 4

Com o perdão do trocadilho, a Segunda Guerra Mundial é coisa do passado. Ao menos para “Call of Duty” que, ao chegar a sua quarta versão, deixa de lado o episódio bélico favorito do entretenimento eletrônico para, como o próprio título sugere, investir em um contexto moderno, com o que há de mais recente em termos de tecnologia – e isso, em outras palavras, significa alto poder de fogo.

Se as versões anteriores já se caracterizavam pela ação intensa, com inconfundível clima cinematográfico, desta vez a Infinity Ward quer levar a experiência além. A campanha single-player não pretende dar um segundo de descanso: em um momento, o jogador se vê descendo de um helicóptero Black Hawk por uma corda, em pleno campo de batalha; em seguida, está com rifle de precisão nas mãos, em um terreno minado; depois, precisa atirar em diversos inimigos de um helicóptero em vôo.

Para completar a sensação de imersão, os gráficos estão sendo trabalhados com tecnologia de ponta, como profundidade de campo e visual fotorrealístico, além de efeitos de sombra e física avançados. O multiplayer, produzido com base em “Call of Duty 2”, um dos títulos preferidos da Xbox Live, proporciona à comunidade online partidas viciantes e acessíveis para qualquer perfil de jogador.

Mas o modo inclui novidades, como a possibilidade de customizar um personagem próprio, incluindo as armas e os equipamentos, de acordo com o que já estiver disponível. Há também um sistema de habilidades, e o jogador pode escolher uma ou duas delas a qualquer momento, como uma que lhe dá alguns segundos de sobrevida, para tentar matar seu algoz com a pistola. É um toque de RPG que deve colocar mais emoção, dinamismo e variação ao multiplayer.

“Call of Duty 4” é ambientado em um futuro próximo, durante um conflito ficcional – por outro lado, não há protótipos de armas ou equipamentos: tudo é feito com material real, tanto que a produtora até conversou com veteranos da Guerra do Iraque para recriar uma atmosfera coerente. A luta é contra um ditador do Oriente Médio, que se une a russos ultranacionalistas, e o jogador assume a pele de dois personagens, um britânico e um norte-americano, embora possa também enxergar os acontecimentos pelo ponto de vista de outros.

Deixe seu comentário

6 Comentários para "Call of Duty 4 aposta na guerra moderna"

  • esse jogo é muito legal bem realista pois eu tenho e nao enjuo de zerar !!
    quero fazer a coleçao tendo o 1 , 2(ja tenho) o 3 o 4(ja tenho) e o 5

  • que tipo de jogos de guerra voces tem

  • QUE JOGAR ESSE JOGO COMO EU POSSO CONSEGUIR

  • por farvor me avisem quando chegar novos jogos da 2 guerra caal duty 4 eoutros jogos abraço.?

  • ja existe um link do jogo call of duty 4 no hiper downloads!!!

  • QUANDO vai começar a vender aqui no BRASIL ?? e onde? e quanto?