Previews Xbox 360

Banjo-Kazooie: Nuts & Bolts

Publicado em 03/08/2008 |
Desenvolvedor
Rare

Distribuidor
Microsoft Game Studios

Lançamento
Novembro de 2008

Imagens

Banjo-Kazooie: Nuts & Bolts

Banjo-Kazooie: Nuts & Bolts

Banjo-Kazooie: Nuts & Bolts

Banjo-Kazooie: Nuts & Bolts

Como transportar um clássico para a atual geração, acrescentar novos recursos e trazer novos gráficos sem contudo perder a ligação com os títulos que deram à franquia a fama que ela tem? A Rare parece estar particularmente empenhada em encontrar essa resposta com o seu Banjo-Kazooie: Nuts & Bolts.

O jogo trará novamente a divertida e eterna rixa entre Banjo e a bruxa Gruntilda. Entretanto, dessa vez surge um candidato a mediador, muito semelhante ao ceifador sinistro (a “morte”), que oferece uma solução para o impasse. Ele propõe que ambos sejam enviados a Showdown Town para que participem de uma série de desafios para ver quem conseguirá abrir o maior número de novos mundos.

A cidade passa a ser então uma conexão de onde se parte para todas as fases — algumas realmente nostálgicas.

Uma luva de boxe, jatos, rodas e muita criatividade

Alguns puristas, entretanto, podem torcer um pouco o nariz para certa novidade que parece ter uma proporção bem grande no novo título da série; algo que, talvez, distancie o novo título do jogo lançado para o saudoso Nintendo 64.

Que tal um futebol um pouco diferente? Trata-se dos novos veículos. Aparentemente, estes não terão apenas um papel secundário em certas fazer, mas devem mesmo servir como meio de transporte para os personagens através das fases. Além disso, um dos principais objetivos de Nuts & Bolts é coletar diversas partes mecânicas pelas fases para poder construir uma série de veículos bastante improváveis.

Muitos deles devem inclusive ser construídos visando um desafio em particular. Um determinado objetivo, por exemplo, vai colocar Banjo a bordo de uma espécie de trator com garras para salvar uma escultura de gelo chamada George.

Em outro momento, será necessária uma mistura entre carro e lutador de boxe (com luvas mesmo) para derrotar uma equipe de gremlins mecânicos — tudo bem, afinal, é Banjo-Kazooie. Ao final de cada desafio, a dupla será recompensada com um “Jiggy”, que deve ser depositado em uma das misteriosas esferas de Showdown Town.

A maior parte dos desafios ainda permite que o veículos a ser utilizado seja totalmente personalizado. Pode-se então começar a partir do chassi para então acrescentar toda sorte de engenhoca mecânica, como um motor a jato, rodas (ou alguma coisa parecida) e vários tipos de armas. Sem, contudo, esquecer do tanque de combustível — algumas máquinas vão até mesmo precisar de mais de um.

Os veículos podem variar enormemente em tamanho, estilo e mesmo funcionalidade. Pode ser uma geringonça enorme com rodas de trator movida por motor, quanto um ágil e leve veículos a jato. Depende da criatividade de cada um. Cada estilo será melhor em um ponto e pior em outro.

Modernidade nostálgica

Shadowdown Town é realmente uma bela cidade. Um som brilhante no alto, vários detalhes, texturas ricas, construções antigas e todas as cores que absolutamente não poderiam faltar e um título da dupla Banjo e Kazooie. São montanhas congeladas, montanhas verdejantes, desertos áridos… tudo em uma grande mistura que evoca muito os jogos que deram fama a série.

De certa forma, todos os ambientes em Nuts & Bolts parecem ser uma espécie de homenagem aos jogos anteriores. Isso fica ainda mais evidente quando se percebe o contraste que existe entre os cenários e os personagens. Não fosse a qualidade daqueles, seria possível até mesmo dizer que o jogo traz gráficos quase obsoletos.

Isso porque os personagens de Nuts & Bolts são construídos de uma forma quase “retrô”, com polígonos bem evidentes. De certa forma, todo o ambiente parece ter mudado, mas Banjo e Cia. ainda seriam mesmos.

Enfim, os puristas vão encontrar o mesmo estilo de desafio, além de ambientes absolutamente nostálgicos. Já quem não conhece a franquia e apenas procura por um título divertido e inovador provavelmente vai gostar dos “Frankensteins motorizados” que se pode construir em Banjo-Kazooie: Nuts & Bolts.

De qualquer forma, a dupla dinâmica da Rare não deve fazer sua volta triunfal aos consoles antes de novembro desse ano.

Deixe seu comentário