E3 2007

Executivo da Tecmo critica novo formato da E3

Publicado em 09/07/2007 |

E3 2007A Tecmo, representada por seu Vice-Presidente John Inada, criticou a IDG World, a organizadora da E3. Inada reclamou do novo formato do evento, chamando-o de “projeto experimental”.

“A nova gerência do show não sabia o que estava fazendo”, disse Inada em uma entrevista ao site GameSpot. “Eu não tenho dinheiro para gastar em um projeto experimental”, adicionou.

Além de se sentir mal tratado pelos organizadores no passado, a ausência de grandes revendedores é outra razão para a produtora de “Dead or Alive” e “Ninja Gaiden” não estar interessada no evento deste ano.

“No passado, nós não fomos bem tratados pela velha organização da E3, então não nos sentimos obrigados a cooperar este ano”, disse Inada. “Eu também soube que muitos dos revendores não vão comparecer este ano”, concluiu.

Das centenas de empresas de anos anteriores, apenas 32 participam da edição 2007, redução que passa também pelo número de visitantes esperados – são 4.000, convidados pela própria organização.

As mudanças são fruto de críticas dos próprios expositores, que optaram por um evento mais “intimista”, voltado à imprensa e aos negócios, deixando o teor de “show” de lado.

Impacto das mudanças da E3 serão sentidos nesta semana, quando começa a feira.

Deixe seu comentário